Guga deu justiça ao resultado

O Futebol Clube de Famalicão empatou a uma bola na receção ao Sport Lisboa e Benfica, em partida respeitante à 31.ª jornada da Liga NOS.

Face à atual carga competitiva do campeonato, com muitos jogos num curto período de tempo, o mister João Pedro Sousa operou algumas mudanças no onze titular. Apesar disso, o conjunto famalicense não se atemorizou perante o segundo classificado e tentou implementar o seu habitual futebol de qualidade.

Os forasteiros tiveram mais posse de bola e ameaçaram a baliza de Rafael Defendi em diversas ocasiões. No entanto, o guarda-redes, que regressou à titularidade, exibiu-se em bom plano e negou os intentos do adversário. O guardião acabaria, porém, por ser desfeiteado aos 36 minutos. Num primeiro momento ainda defendeu o remate de Seferovic, mas não teve hipóteses de suster a recarga certeira de Pizzi.

Na segunda metade, o Futebol Clube de Famalicão foi em busca do empate. As alterações promovidas tiveram o condão de agitar as águas e a bola passou a estar mais vezes no meio-campo ofensivo dos famalicenses. A confiança cresceu e o empate surgiu com naturalidade. Numa fantástica jogada coletiva, Fábio Martins cruzou atrasado para o golo de Guga.

A equipa famalicense galvanizou-se ainda mais e a reviravolta esteve perto de concretizar-se, o que seria um justo prémio pela exibição da equipa famalicense.

FC Famalicão 1-1 SL Benfica
Estádio Municipal de Famalicão
Árbitro: Jorge Sousa (AF Porto)

FC Famalicão – Rafael Defendi, Patrick William (Ivo Pinto 66′), Riccieli, Roderick Miranda, Coly (Centelles 82′), Gustavo Assunção, Uros Racic, Pedro Gonçalves (Guga 82′), Rúben Lameiras (Walterson 65′), Del Campo (Anderson 56′) e Fábio Martins

SL Benfica – Vlachodimos, André Almeida, Rúben Dias, Jardel, Nuno Tavares, Weigl, Gabriel (Samaris 81′), Pizzi (Jota 88′), Cervi (Rafa 81′), Chiquinho e Seferovic (Vinícius 66′)

Golos: Pizzi (36′) e Guga (84′)

Cartões Amarelos: Cervi (7′), Weigl (24′), Roderick (39′), Pedro Gonçalves (45+1′), Gabriel (57′)